5 passos essenciais na preparação para a OAB


Você sabe quais são os 5 passos essenciais na preparação para a OAB? Segui-los facilita os estudos e garante melhores resultados.

Compartilhar
5 passos essenciais na preparação para a OAB

Está se organizando para a próxima edição da OAB? Já sabe como estudar?

Se você está confuso ou sua preparação para a prova anterior não trouxe o resultado que você esperava, preste atenção em 5 passos essenciais na preparação para a OAB e repense seu plano de estudos.

São ações que dependem da sua dedicação e de planejamento.

Seguindo estes 5 passos você vai perceber uma melhora significativa no seu desempenho.

Então, vamos ao passo número 1.

1 Conhecer a prova

Você já deve ter ouvido a frase “saber onde está pisando”. Na preparação para uma prova é mais ou menos isso que você precisa fazer.

Não dá para começar a planejar o que estudar sem informações sobre a prova.

Então, é fundamental saber como é a estrutura e ler as exames anteriores com atenção.

Além disso, saber o número de questões cobradas em cada disciplina e as características da banca que organiza a prova ajuda muito na preparação.

Todas estas informações podem ser retiradas das edições anteriores e do edital da OAB. É algo que demandará um certo tempo, mas fará a diferença no fim do processo.

Isso porque você estará absorvendo elementos essenciais para criar um plano de estudos estratégico.

2 Avaliar seu conhecimento e dificuldades

Após entender e coletar as informações para montar seu cronograma, selecione uma prova anterior e teste seus conhecimentos.

Mas tente resolver sem qualquer tipo de consulta e leve a sério. Simule um dia de prova, sem distrações e em silêncio.

Então, depois de conferir o gabarito, analise seus erros e acertos em cada disciplina.

Compare suas dificuldades com as disciplinas de maior peso, para determinar um tempo maior a elas no cronograma.

E não deixe de avaliar seu desempenho durante os estudos, isso ajuda a entender como se dá o processo de estudo para você e se o que você planejou está funcionando.

3 Organize-se, monte seu cronograma

O terceiro passo é montar o cronograma utilizando os dados que coletou.

Distribua no cronograma o tempo para cada disciplina.

Você pode, por exemplo, determinar 1 hora para aquele conteúdo que você tem mais dificuldade e 30 minutos para revisar um conteúdo que você compreende mais.

Lembre-se que o critério para determinar este tempo não pode ser baseado nas disciplinas que você gosta e quais não gosta. Infelizmente, na prova não terão apenas questões que você gosta.

Seja fiel ao seu objetivo: passar na OAB!

Portanto, é muito importante mensurar o tempo dedicado a cada disciplina de acordo com o número de questões na prova, sua facilidade ou dificuldade e seu desempenho durante o processo.

Para seu plano de estudos ficar melhor ainda, seguem 3 dicas que você não pode deixar de seguir.

  • 1ª – Cada vez mais a OAB tem cobrado questões interdisciplinares, leve isso em consideração para montar seu cronograma.
  • 2ª – O cronograma precisa ser adequado à sua rotina. Se você pode estudar 2 horas por dia, tudo bem. Use este tempo de estudo da maneira mais produtiva possível.
  • 3ª – Como o cronograma é feito para lhe ajudar a estudar melhor, você pode ajustá-lo sempre que sentir necessidade.

Para ficar mais claro, vamos a um exemplo. Digamos que após 15 dias você entendeu o conteúdo de Direito Empresarial e está acertando a maioria das questões que pratica.

Isso significa que você pode alterar o cronograma, substituindo a teoria por revisões e mais exercícios.

Porém, não tire a disciplina do cronograma. Mantenha-a para não ficar muito tempo sem contato.

4 Entender os tópicos básicos da disciplina

Este quarto passo é tão simples, porém determinante.

Não tente ser um especialista em tudo! Não é este o objetivo da prova.

Estude o que importa para a aprovação. Se você seguir o primeiro passo vai saber o que é necessário estudar e como os conteúdos são cobrados.

Use a base que você tem da graduação, associada à análise de provas anteriores para hierarquizar tópicos que você precisa saber de cada disciplina.

Esta prática ajuda seu cérebro a entender que aquilo é importante e você conseguirá lembrar com maior facilidade.

Você, provavelmente, já ouviu falar da curva do esquecimento.

Bem, nós podemos “ajudar” nossa memória de curto prazo transformar-se em memória de longo prazo. Para isso, umas das boas práticas é revisar o conteúdo.

Portanto, não deixe para revisar apenas na véspera da prova.

Planeje este tempo no seu cronograma e revise o conteúdo com frequência. Pode usar as orientações valiosas deste artigo sobre a curva do esquecimento, se preferir.

Mas atenção, revise só o que é essencial saber daquele assunto, não encha sua cabeça de informação. Reforce o que você já estudou.

Foco na prova!

Tem interesse em saber mais sobre memória? Sugiro que você leia a pesquisa “Compreendendo o esquecimento: teorias clássicas e seus fundamentos experimentais”.

O artigo foi publicado na Revista Psicologia USP, 2003, Vol. 14, No.1, 129-155.

5 Fazer pausas estratégicas

Estudos de Neuroaprendizagem indicam que nosso cérebro é capaz de manter a concentração, recebendo e compreendendo uma mesma informação durante 40 a 60 minutos.

Isso varia de cada indivíduo, mas é fundamental para todos os estudantes que tire alguns minutos para descansar durante o estudo.

Este descanso ajuda na memorização do conteúdo, porque você dá um tempo para seu cérebro assimilar o que viu para depois resolver exercícios ou ver outro conteúdo.

Esta pausa pode estar programada no seu cronograma. Por exemplo, a cada 45 minutos você faz um descanso de 5 ou 10 minutos.

Durante este descanso, não acesse redes sociais, não assista vídeos, não ligue a tv e, obviamente, não durma.

Alongue-se, coma uma fruta, caminhe pelo quarto/escritório/sala de estudo, pegue um café.

Acredite, essa prática faz você render muito mais.

E para finalizar, se você não segue esses 5 passos essenciais na preparação para a OAB, faça isso agora.

Mude seu jeito de estudar e acompanhe os resultados.

Espero que tenha gostado das dicas.

Acompanhe nosso blog e inscreva-se no canal da Kultivi.

Compartilhar

estude gratuitamente
com a kultivi

CADASTRE-SE