Como estudar com a série Chernobyl


Assistir série já é ótimo, melhor ainda quando dá para estudar com ela. É possível estudar com a série Chernobyl e entender o contexto da URSS.

Compartilhar
estudar-serie-chernobyl

Está pensando em dinamizar um pouco seus estudos? Que tal ver uma série? 

Sim, não fique espantado! Dá para estudar vendo série.

Conhece a recém-lançada pela HBO “Chernobyl” (criada por Craig Mazin)?

Não é só porque a série é ótima e retrata a história do desastre nuclear de 1986, considerado um dos eventos mais trágicos do século 20.

Mas se liga nessa crítica escrita em 07/06/2019 por Julia Sabbaga para o canal Omelete.

“A série pode dramatizar eventos e fechar arcos de modo que diferem dos fatos […], mas a essência do erro e do heroísmo humanos, e suas repercussões, são reproduzidos perfeitamente. A série não apenas traz o melhor possível retrato de uma época como instiga o público, que certamente encerra a maratona sedento para buscar mais obras e entender mais sobre a trágica história”.

Depois dessa descrição, é quase dispensável listar outros motivos para te convencer a ver a série, afinal provavelmente já está animado.

Além de curta – 5 episódios e 1 temporada – você vai relembrar alguns tópicos fundamentais para entender o contexto da Guerra Fria e o que aconteceu com a União Soviética após o desastre em Chernobyl.

E não para por aí. Há mais motivos para entender a relevância e as consequências do desastre. Vamos conferir?!

As políticas de reestruturação e transparência pós Chernobyl

Em 26/04/2006, quando o acidente em Chernobyl estava completando 20 anos, o último presidente da União Soviética (URSS) fez uma revelação importante.

Mikhail Gorbachov afirmou que o desastre teve papel decisivo no colapso e fim do modelo econômico e político da URSS.

Gorbachov mencionou em entrevista que era preciso mudar muita coisa no Estado, porque faltava transparência em diversos setores do Estado.

Você já ouviu falar em Glasnost e Perestroika?

Resumidamente, foram políticas introduzidas na URSS por Mikhail Gorbachov, em 1986. As ações visavam a transparência (glasnost) e a reconstrução (perestroika) diante de um modelo econômico e social em falha.

As propostas reduziram gastos e liberaram as relações de comércio exterior. Apesar de parecer funcionar, Gorbachov não obteve sucesso.

Afinal, ao propor transparência, ele mexeu com muita gente que não queria ter seus atos “passados a limpo”, já que uma das medidas de glasnost era a identificação e devido tratamento legal aos atos de corrupção no governo soviético.

Já a Perestroika (abertura) surgiu da percepção, em partes, de que a URSS precisava se modernizar em relação ao resto do mundo.

Dê uma olhada no episódio 4 da série pra ver do que eu estou falando. Claro, que ela suscita muitas críticas, mas já vale pra gente dar uma conferida no que se passava naquele momento político.

A Perestroika foi identificada por alguns fatores, como a modernização da economia por meio da abertura econômica, livre comércio com empresas de países capitalistas e investimentos em grupos científicos e técnicos com pesquisadores de países capitalistas para tentar compensar a “defasagem” das indústrias soviéticas em relação ao ocidente capitalista.

Para Gorbachov “O acidente do reator em Chernobil […] foi, talvez, mais que a ‘perestroika’ (abertura) iniciada por mim, a verdadeira causa do colapso da União Soviética cinco anos depois”.

Sugestão de atividade sobre o fim da Guerra Fria

Bem, já se passaram 33 anos da tragédia. E nota-se, pelo sucesso da série que é algo ainda em discussão.

Até porque os efeitos da radiação emitida pela explosão ainda são presentes na área.

Por isso, eu sugiro que você esgote este assunto. Principalmente porque este tema pode aparecer, nas provas, relacionado aos motivos que levaram à queda da URSS.

Bem como, a predominância do modelo capitalista em todo o mundo.

Então, vale a pena dar uma pesquisada e ficar por dentro disso.

  • Pesquise o que foi a Glasnost e a Perestróika.
  • O que elas significaram para a União Soviética?
  • Analise se essas medidas tiveram o efeito planejado.
  • Trazendo a leitura desses fatos para a Rússia contemporânea. Aponte como a Rússia se situa no contexto econômico atual.
  • Faça uma leitura atenta deste artigo sobre as condições para o fim da Guerra Fria.

Saiba mais sobre o fim da Guerra Fria no vídeo abaixo.

Espero que tenha gostado da dica.

Conteúdo por: Sabrina Demozzi

Compartilhar

estude gratuitamente
com a kultivi

CADASTRE-SE