5 principais dificuldades enfrentadas pelos pequenos empreendedores


5 principais dificuldades enfrentadas pelos pequenos empreendedores

5 principais dificuldades enfrentadas pelos pequenos empreendedores

Todo empreendedor deseja manter o negócio em constante crescimento. No entanto, todos sabem que são várias as dificuldades enfrentadas nesse processo.

Nem sempre é possível alcançar rapidamente todos os objetivos e sem planejamento é quase impossível.

Cada tipo de empreendimento tem suas fases, que exige do empreendedor mais ou menos esforço, de acordo com o momento do negócio.

Muitas vezes, a exigência envolve inovação, atualização do produto ou serviço, reorganização do negócio e mudanças. Mesmo que pequenas, mudanças podem ser muito bem-vindas.

São tantas atividades, planilhas, planejamentos, negociações, fornecedores, burocracia, crise financeira que o empreendedor gasta boa parte do seu tempo resolvendo problemas. Leva um tempo até tudo estabilizar e aí sim poder pensar em melhorias e investimentos.

Frente aos vários desafios da vida de empreendedor, alguns são recorrentes.

Na lista abaixo você vai encontrar as 5 principais dificuldades compartilhadas pelos empreendedores brasileiros.

1. Gestão de Pessoas

Gestão de Pessoas é a maior dor para qualquer empreendedor, seja grande ou pequeno. E quanto mais a empresa cresce, as dificuldades com Gestão de Pessoas cresce junto.

Pequenas empresas precisam de um time sólido e com grandes habilidades para alcançar bons resultados. Além da dificuldade de ajustar a remuneração, benefícios e incentivos.

Já empresas com um número maior de funcionários precisam lidar também com desenvolvimento de lideranças, legislação trabalhista, capacitação da equipe,retenção de funcionários, falta de motivação ou disciplina dos colaboradores.

O MEI pode ter apenas um funcionário, o que significa que empreendedor e funcionário acumularão funções.

2.  Gestão financeira e tributos

Principalmente para os Microempreendedores Individuais e aqueles empreendedores que abriram um negócio sem ter muito conhecimento dos processos, sentem dificuldade em gerir as finanças e a organização dos impostos.

Custos acima da receita, capital de giro, fluxo de caixa, planejamento orçamentário e contábil são problemas enfrentados diariamente.

Todo empreendedor terá que lidar com o financeiro, tributos e impostos. Então, além de ser fundamental ter conhecimento de como isso funciona, é necessário buscar ajuda de um profissional ou empresa capacitada.

Às vezes, por não saber o jeito certo de organizar essa parte do negócio o empreendedor gasta mais do que deveria.

3. Burocracia

Na mesma linha do tópico anterior, dar conta da regulamentação, tributos, processos e contratos não é tarefa fácil. Além de diversas outras preocupações, os processos burocráticos tomam um tempo grande dos empreendedores além de encarecer muitos processos.

Isso porque é frequente a alteração na legislação e nas obrigações tributárias, fazendo com que, muitas vezes, o empreendedor não consiga acompanhar. Como infelizmente não tem como fugir, ou o empreendedor aprende a fazer isso ou contrata alguém de confiança que faça.

4.  Inovação

Estudar o público e inovar no modo de conversar com esse público. Até porque, os hábitos de consumo mudaram. Os clientes estão mais exigentes e bem informados, o que exige uma divulgação diferenciada do produto ou serviço.

Então é necessário que o empreendedor aceite e acompanhe o movimento, ou seja, implante uma cultura de inovação e esteja atento às novidades.

Porém, cuidado, para ser eficiente a inovação deve ser usada da forma adequada para o seu público e modelo de negócio.

5. Obtenção de crédito

Para crescerem, as empresas precisam de recursos externos. No entanto, alguns empreendedores relatam dificuldade para obtenção de crédito para investir.

Um dos motivos são as poucas opções de crédito específicos para micros e pequenos empresários, com taxas e prazos para pagamento que não sobrecarregam o capital da empresa.

Ou linhas de crédito com muita burocracia, o que também distancia os empreendedores desse recurso.

Além disso, a falta de controle financeiro, não ter um objetivo concreto para o uso do valor emprestado e não separar as contas pessoais das empresariais dificultam a liberação de crédito.

*Dados coletados de 1000 empreendedores brasileiros pelo Datafolha para a Endeavor.

Soluções

Buscar apoio em instituições capacitadas e que podem, durante uma mentoria, ajudar a encontrar uma solução como contornar esses desafios.

Compartilhar as dificuldades diminui a distância entre o problema e a solução dele, visto que o empreendedor pode encontrar outro empreendedor que já passou por situação parecida.

É difícil equilibrar a vida pessoal da profissional, porque empreendedores dedicam muito tempo ao seu negócio. E como muitas vezes trabalham sozinhos, participar de eventos, palestras ou consultorias podem sanar algumas dúvidas e evitar repetição de erros.

Espero que esse artigo tenha te ajudado a identificar suas dificuldades e que seja mais fácil resolvê-las.

Até a próxima.


estude gratuitamente
com a kultivi

CADASTRE-SE