Truques para melhorar a pronúncia em Inglês e não errar mais


5 truques para melhorar a pronúncia e não errar mais

Truques para melhorar a pronúncia em Inglês e não errar mais

A fluência no idioma talvez seja uma das habilidades que demoramos mais para desenvolver. Parte pela nossa timidez em arriscar falar com estrangeiros, outra parte porque temos a influência da língua materna a todo momento. Ou ainda, porque não nos dedicamos o suficiente.

Algumas vezes, pensamos que para melhorar nosso speaking precisamos de um intercâmbio no exterior. Confesso que também pensava assim.

Mas descobri que não é verdade. Com algumas práticas e estratégias, dá para corrigir pequenos erros e avançar na conversação.

Relacionei algumas dicas que me ajudaram a melhorar consideravelmente a pronúncia e, consequentemente, a minha fluência.

Ouça nativos falando

Treine o movimento da boca, memorize o som correto e tente reproduzir até ficar igual.

Há várias opções na internet, mas eu sugiro que você acesse o canal Rachel’s English. Nele você poderá ver vídeos curtos e aprender sobre a grande maioria dos sons do Inglês americano.

Ainda no Inglês americano, os Podcasts do Pronuncian.com  ensinam como pronunciar corretamente, como por exemplo, a entonação para as w questions.

Já para praticar o Inglês Britânico, indico o BBC Podcast. Preste atenção nas diferenças e como a mesma palavra é dita no Inglês Americano e no Britânico.

É fato. Quanto mais você ouvir Inglês, mais você estará imerso no idioma. O que, consequentemente, te ajudará a aprender o som correto das palavras e corrigir a pronúncia.

Afinal, os sons soarão menos estranhos e a memorização da pronúncia correta será mais natural.

Leia em voz alta

Isso mesmo, leia um texto ou uma notícia em voz alta e grave sua pronúncia. Depois compare o que disse com a pronúncia de nativos. Identifique quais foram as palavras que pronunciou diferente e trabalhe com elas.

O ideal é que você busque textos que já tenham a versão em áudio para facilitar o processo.

Preste atenção nas palavras com letras mudas

Cerca de 60% das palavras em Inglês apresentam letras mudas (silent letter), ou seja, que não são pronunciadas. Frente a isso, é muito importante saber sobre elas e pronunciá-las corretamente.

Listei abaixo algumas mais comuns para que você pratique. Com a prática, a pronúncia correta se tornará natural e você nem achará estranho “esquecer” uma letra.

Aisle
Island
Climb
Wednesday
Foreign
Light
Fight
Half
Know
Honest
Muscle
Listen

Treine as palavras terminadas em E

Ainda, quanto às palavras com letras que não são pronunciadas,temos aquelas terminadas com E, por exemplo, like.

Like

Apesar de serem escritas com E, não devemos pronunciar a última letra, mas sim, terminar a palavra com o som da última consoante.

Alguns exemplos:

Hope
Drive
Make
Write

Por influência da Língua Portuguesa, comumente terminamos as palavras com “i”. O exemplo mais comum é a palavra Facebook (feicibuqui).

E não é só um detalhe. A pronúncia incorreta ou adicionar som onde não há, pode causar certa confusão na comunicação.

Isso pode acontecer com Fun – Funny e Dirt – Dirty.

His brother is really fun. (O irmão dele é muito divertido).

His brother ir really funny. (O irmão dele é muito engraçado).

Pratique o conhecido th

Já falamos em outro post sobre os 4 erros comuns cometidos por quem estuda inglês, a diferença na pronúncia de three, tree, free.

Bem, existem 2 modos de pronunciar o som TH. O primeiro é conhecido por Un-voiced, aquele da palavra think. E a segunda maneira é o som Voiced-TH, aquele vibratório.

Think

Portanto, este segundo som deve ser usado para pronunciar corretamente the, por exemplo. O certo é o th vibrado e não “de” semelhante à nossa preposição em português.

As palavras they, that e those também levam este som. Quantas vezes não ouvimos “dei”, “dati” e “doze” por ai.

They, That, Those, The

Por fim, treine bastante, melhorar a pronúncia é um processo, então você precisa tornar isso um hábito. 

Busque falar o máximo de Inglês possível durante sua semana. Treine com amigos, com nativos, grupos de aprendizes do idioma, enfim, encontre a forma que melhor funcione para você.

Como as palavras nos exemplos deste artigo foram pronunciadas isoladamente, foi dada maior ênfase. Em um diálogo, o som fica mais sutil.

Espero que essas dicas lhe sejam úteis.

See you!


estude gratuitamente
com a kultivi

CADASTRE-SE